HISTÓRIA DA MEDICINA: os primeiros livros

a2-4

OS PRIMEIROS LIVROS

O surgimento da ilustração médica está estreitamente ligado com o surgimento da medicina propriamente. Assim, embora nosso foco seja a ilustração, parte da história da medicina também será narrada.

A escrita hieroglífica nasce por volta de 3000 a.C. e o livro por volta de 2200 a.C., no antigo Egito, contribuindo enormemente para o desenvolvimento da ilustração de cunho científico. Os primeiros livros ilustrados tinham o formato de rolos, pois o material de que eram feitos, o papiro, era muito quebradiço. Consistiam em uma coletânea de feitiços, fórmulas mágicas, orações, hinos e litanias do antigo Egito: o “Livro dos Mortos”. Eles eram colocados nos túmulos junto das múmias e constitui uma das principais fontes para o estudo e compreensão da religião egípcia.

Os Egípcios desenvolveram um conhecimento médico avançado muito além do que se poderia imaginar na Europa “civilizada” da Antiguidade clássica, especialmente em cirurgia. Os sacerdotes retiravam todos os órgãos no preparo dos corpos para a mumificação, o que, com tempo, propiciou um acúmulo de conhecimentos anatômicos que possibilitaram o desenvolvimento da medicina.

As técnicas usadas para o embalsamamento variavam de acordo com o status social e os meios econômicos do falecido. O procedimento mais elaborado, reservado aos soberanos, decorria na casa da purificação, para onde o corpo era levado. Primeiro o cérebro era extraído pelo nariz e descartado, depois eram extraídas as vísceras, estas mumificadas e conservadas separadamente em quatro urnas funerárias, cada uma das quais postas sob a proteção de um dos quatro filhos de Hórus (pulmões, fígado, intestinos e estômago), o Deus-falcão, símbolo do sol nascente, exceto o coração, que era devolvido ao corpo.

imhotep

Imhotep, a quem foi atribuída a elaboração do calendário solar, era um grande sacerdote de Heliópolis, séc. XXVII a.C. (2700 – 2670 a.C.), arquiteto, astrônomo, taumaturgo e patrono dos médicos. Foi elevado à categoria de divindade em seu tempo e seus ensinamentos influenciaram profundamente gregos e romanos. Associado a Asclépio por aqueles e a Esculápio por estes, escreveu textos médicos, sendo creditada a ele a autoria do papiro de Edwin Smith. Este consiste no que restou da única cópia do mais antigo livro egípcio sobre trauma da cirurgia do mundo. Fez os primeiros prontuários médicos da história, além de desenvolver cura para inúmeras doenças.

image description

image description

Papiro de Edwin Smith

A medicina no Antigo Egito desenvolveu-se baseada no método empírico. Nos formulários terapêuticos, as receitas médicas alternavam-se com esconjuros e encantamentos. Apesar disso, a medicina egípcia era muito considerada na Antiguidade. Ela forneceu à medicina grega do séc. V a.C. um rico patrimônio depois de libertado de muitas superstições e reorganizado sobre uma base científica, por Hipócrates. A medicina egípcia já conhecia o mecanismo da circulação sanguínea e a anestesia com ópio, possuía boas noções de medicamentos, medicina interna, oftalmologia, odontologia e, sobretudo, cirurgia.

Hipócrates, o Pai da Medicina, Herófilo e Erasístrato absorveram conhecimentos Khemitas, estudados no Templo de Imothep, em Memphis. O próprio Hipócrates era iniciado no Templo de Thoth, dos mestres egípcios das Escolas dos Mistérios.

Sección del

Sección del “Libro de los Muertos” de Nany, 1040?945 a. de C. (Dinastía XXI, 3º Período Intermedio). Actualmente se encuentra en el Museo Metropolitano de Arte de Nueva York, originario de Deir el-Bahri (TT 65).
Licencia
This is a faithful photographic re

QUER SABER MAIS?

Adqcapa-bruira o e-book: 

História da Ilustração Científica: o ensino da medicina.

Acesse: EIS Editora

 

BIBLIOGRAFIA

  1. Grande História Universal: o princípio da civilização. Ed. Folio S.A. Barcelona, 2006.
  2. Biblioteca Egito: A história cotidiana às margens do Nilo. Ed. Folio S.A. Barcelona, 2007
  3. Livros dos Mortos. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Livro_dos_Mortos; acessado em 06 de agosto de 2016, 15 horas e cinquenta minutos.

Referências das Ilustrações

Sección del Por Desconhecido – Currently housed the Metropolitan Museum of Art New York, Domínio público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=387131.

Sección del “Libro de los Muertos” de Nany, 1040–945 a. de C. (Dinastía XXI, Tercer período intermedio). Actualmente se encuentra en el Museo Metropolitano de Arte de Nueva York, procedente de la tumba TT65, Deir el-Bahari, Egipto.

http:/a2-4/webeduc.mec.gov.br/midiaseducacao/material/impresso/imp_basico/e1_assuntos_a1-5.html

imhotephttp://www.landofpyramids.org/imhotep.htm

Statuette of Imhotep, chancellor to the pharaoh, priest of Ra and architect. Bronze, Ptolemaic Egypt (332-30 BC).

image description

Turning the Pages Online

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s